Peça agora (85) 3224-6300 | (85) 3512-3442

IPVA – O que é e como funciona

13 de janeiro de 2021

O começo do ano chegou e a mesma preocupação também: é hora de pagar o IPVA. Mas, apesar de ser um imposto sempre cobrado, muitos ainda não entendem bem o que é e como funciona, principalmente, os motoristas iniciantes. Pensando nisso, hoje vamos te explicar tudo! Confira! IPVA significa Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores e é um imposto estadual que tem como objetivo coletar dinheiro sobre o veículo das pessoas (não importando qual o tipo dele). Esse tributo é cobrado anualmente e seu valor pode variar, custando cerca de 3% do preço total do automóvel. Mas, afinal, como é calculado esse preço? Como o IPVA é responsabilidade de cada estado, o preço pode variar bastante de uma região para outra. Os estados que têm esse valor mais caro são: São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Para veículos usados, normalmente, é usada a Tabela FIPE (criada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) para fazer uma média do valor de cada carro. Já a referência para os carros novos são a sua própria nota fiscal. E não se engane: o dinheiro arrecadado pelo IPVA tem destino! Vinte por cento da quantia vai para o Fundeb (Fundo de Manutenção da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). O restante é dividido igualmente entre o estado e município onde o veículo foi registrado. Como o IPVA é um imposto, não pagá-lo pode ser uma infração grave. Para o motorista fazer o licenciamento do carro, por exemplo, é preciso estar com o IPVA quitado. Se a pessoa for pega com o imposto atrasado, isso pode gerar uma multa ou recolhimento do veículo. Se essa última ação acontecer, o dono do carro precisa pagar todos os gastos dos dias em que ele ficou parado no DETRAN. Após 90 dias, se ninguém for buscá-lo, o veículo vai a leilão. E aí, você sabia dessas informações? Fique atento e não deixe atrasar o IPVA. Assim, você vai evitar problemas futuros.

Faça seu pedido